Notícias

14 de Novembro de 2018

Pacientes da FUNDEF Lajeao recebem moldes auriculares coloridos

As peças são feitas de acrílico e silicone coloridos e glitter. A ideia partiu da Priscila Quaresma, uma profissional que fabrica os moldes e resolveu doar para a FUNDEF Lajeado, mesmo sem conhecer pessoalmente a entidade.

Priscila é protética há 8 anos, e o diferencial do trabalho dela é colorir os moldes. "Ao longo dos anos fui vivenciando os sorrisos, a vontade de usar os aparelhos, e a aceitação das crianças em terem os moldes coloridos. A prótese auditiva me faz muito feliz, me proporciona momentos que através das minhas mãos posso ajudar as pessoas."

Ela doou 20 moldes auriculares para 10 crianças atendidas na entidade. Mas o que uma simples mudança na cor do molde pode influenciar na audição dos pacientes infantis? De acordo com a fonoaudióloga da FUNDEF Paula Pedron, essa alteração melhora a aceitação, ou seja, incentiva o uso do aparelho. "Aqui na FUNDEF temos à disposição aparelhos coloridos, faltavam os moldes com cor, agora o ciclo está completo.

As crianças que receberam os moldes coloridos amaram o novo visual, além de servir de estímulo para o uso constante do aparelho." Paula explicou ainda que já conhecia o trabalho da Priscila e ficou encantada com a doação da amiga. O molde serve para auxiliar no ganho acústico, transmitindo para dentro do ouvido o som captado pelo AASI.