Notícias

08 de Novembro de 2016

O nosso quadro "Conheça os profissionais que reabilitam com carinho" agora é a vez do idealizador da FUNDEF, Wilson Dewes.

"Eu vim para Lajeado em 1968 e fui o primeiro médico a me dedicar a cirurgia plástica na cidade. Eu comecei a me preocupar com a face ( fisionomia) das pessoas, e por conta, iniciei os estudos sobre fissurados. Eu logo vi que não poderia fazer isso sozinho, por isso, convidei um grupo de especialistas; um psicólogo, uma fonoaudióloga, dentista e pediatra.
Nós começamos a atender os pacientes no meu consultório. O interessante é que essas crianças atendidas iam trazendo cada vez mais pacientes. Toda região era atendida em Lajeado. Até que eu senti a necessidade de colocar uma ordem nos atendimentos. Mas precisava de um espaço maior. A oportunidade surgiu quando eu fui diretor clínico do hospital Bruno Born. A instituição de saúde cedeu um local no prédio para atender os pacientes, todos os gastos eram mantidos pelo Bruno Born.
O movimento cresceu, eu senti a necessidade de criar uma instituição para que ela tivesse mais representativa. O hospital foi o instituidor. Desde 1999, a Fundação realiza os atendimentos pelo SUS( Sistema Único de Saúde), através do credenciamento do Hospital Bruno Born para atendimento de Alta Complexidade a pacientes com fissuras lábiopalatais. Hoje somos 60 funcionários: ortodontistas, psicóloga, enfermeiros, fisioterapeuta, fonoaudiólogos, pedagoga, assistente social, isso sem falar na parte administrativa
Quando eu pergunto para as pessoas, o que é a A FUNDEF? É um milagre. As pessoas que se engajaram nisso, não pensaram em honorários, em vencimentos, se doaram, porque é uma coisa rica para nós prestar esse atendimento. A FUNDEF é uma entidade que traz para nós uma alegria extrema, porque possibilita que uma criança consiga sorrir, depois das cirurgias e se integrar na sociedade. Eu considero isso tudo um milagre."